Skip to main content

Olá, Mundo

Siga este exercício de Hello World para dar os primeiros passos com GitHub Enterprise Cloud.

Introdução

GitHub Enterprise Cloud é uma plataforma de hospedagem de código para controle de versão e colaboração. Permite que você e outras pessoas trabalhem em conjunto em projetos de qualquer lugar.

Este tutorial ensina os princípios básicos de GitHub Enterprise Cloud como, por exemplo, repositórios, branches, commits e pull requests. Você criará seu próprio repositório Hello World e aprenderá o fluxo de trabalho de pull request de GitHub Enterprise Cloud, uma maneira popular de criar e revisar o código.

Neste guia de início rápido, você irá:

  • Criar e usar um repositório
  • Iniciar e gerenciar um novo branch
  • Fazer alterações em um arquivo e enviá-los por push para GitHub Enterprise Cloud como commits
  • Abrir e realizar merge de um pull request

Para concluir este tutorial, você precisa ter uma conta do GitHub Enterprise Cloud e acesso à Internet. Você não precisa saber como programar, usar a linha de comando ou instalar o Git (o software de controle de versão no qual GitHub Enterprise Cloud é criado). Caso tenha uma pergunta sobre uma das expressões usadas neste guia, vá até o glossário para saber mais sobre nossa terminologia.

Criar um repositório

Um repositório geralmente é usado para organizar um único projeto. Os repositórios podem conter pastas e arquivos, imagens, vídeos, planilhas e conjuntos de dados - tudo o que seu projeto precisar. Geralmente, os repositórios incluem um arquivo README, um arquivo com informações sobre seu projeto. Os arquivos README são escritos na linguagem Markdown em texto sem formatação. Use esta folha de referências para começar a usar a sintaxe Markdown. O GitHub Enterprise Cloud permite adicionar um arquivo README ao mesmo tempo em que você cria seu repositório. GitHub Enterprise Cloud também oferece outras opções comuns, como um arquivo de licença, mas você não precisa selecionar nenhuma delas agora.

Seu repositório hello-world pode ser um lugar em que você armazena ideias, recursos ou até compartilha e discute assuntos com outras pessoas.

  1. No canto superior direito de qualquer página, use o menu suspenso e selecione Novo repositório. Menu suspenso com a opção para criação de um repositório

  2. Na caixa Nome do repositório, insira hello-world.

  3. Na caixa Descrição, escreva uma breve descrição.

  4. Selecione Adicionar um arquivo LEIAME.

  5. Selecione se o repositório será Público ou Privado.

  6. Clique em Criar repositório.

    Crie um repositório hello world

Criar um branch

O Branch permite que você tenha diferentes versões de um repositório de uma só vez.

Por padrão, seu repositório tem um branch chamado main que é considerado o branch definitivo. Você pode criar branches adicionais com base em main no repositório. Você pode usar branches para ter diferentes versões de um projeto de uma só vez. Isso é útil quando você deseja adicionar novas funcionalidades a um projeto sem alterar a principal fonte de código. O trabalho feito em diferentes branches não aparecerá no branch principal até que você faça o merge, que abordaremos mais tarde neste guia. Você pode usar branches para fazer experimentos e edições antes de fazer commit delas em main.

Quando você cria um branch com base no branch main, você faz uma cópia ou um instantâneo de main como ele era naquele momento. Se outra pessoa fez alterações no branch main enquanto você estava trabalhando no seu branch, você pode efetuar pull dessas atualizações.

Este diagrama mostra:

  • O branch main
  • Um novo branch chamado feature
  • O percurso que o feature faz antes de ser mesclado em main

diagrama do branch

Você já salvou diferentes versões de um arquivo? Algo assim:

  • story.txt
  • story-edit.txt
  • story-edit-reviewed.txt

Os branches realizam objetivos semelhantes em repositórios de GitHub Enterprise Cloud.

Aqui no GitHub Enterprise Cloud, nossos desenvolvedores, escritores e designers usam branches para manter as correções de bugs e o trabalho de recursos separados do nosso branch main (produção). Quando uma alteração fica pronta, eles mesclam o respectivo branch em main.

Criar um branch

  1. Clique na guia Código do repositório hello-world.
  2. Clique na lista suspensa no início da lista de arquivos que indica principal. Menu Branch
  3. Digite um nome de branch, readme-edits, na caixa de texto.
  4. Clique em Criar branch: readme-edits com base no principal.

Menu do branch

Agora você tem dois branches, main e readme-edits. Neste momento, eles são exatamente os mesmos. Em seguida, você adicionará alterações ao novo branch.

Criando e fazendo commit das alterações

Quando você criou um branch na etapa anterior, o GitHub Enterprise Cloud direcionou você para a página de código do novo branch readme-edits, que é uma cópia de main.

Você pode fazer e salvar as alterações nos arquivos do seu repositório. Em GitHub Enterprise Cloud, as alterações salvas são denominadas commits. Cada commit tem uma mensagem de commit associada, que é uma descrição que explica por que uma determinada alteração foi feita. As mensagens de commit capturam histórico das suas alterações para que outros colaboradores possam entender o que você fez e o porquê.

  1. Abaixo do branch readme-edits que você criou, clique no arquivo README.md.

  2. Clique em para editar o arquivo.

  3. No editor, escreva um pouco sobre você. Tente usar diferentes elementos do Markdown.

  4. Na caixa Fazer commit das alterações, escreva uma mensagem de commit que descreva as alterações.

  5. Clique em Fazer commit das alterações.

    Exemplo de commit

Essas alterações serão feitas somente no arquivo README no branch readme-edits, ou seja, agora esse branch tem um conteúdo diferente de main.

Abrir um pull request

Agora que você tem alterações em um branch com base em main, abra uma solicitação de pull.

Os pull requests são o centro da colaboração em GitHub Enterprise Cloud. Ao abrir um pull request, você está propondo suas alterações e solicitando que alguém analise e faça pull na sua contribuição e os mescle no seu branch. Os pull requests mostram diffs, ou diferenças, do conteúdo de ambos os branches. As alterações, adições e subtrações são exibidas em cores diferentes.

Assim que você fizer um commit, você poderá abrir um pull request e começar uma discussão, mesmo antes de o código ser concluído.

Usando o recurso @mention do GitHub Enterprise Cloud na mensagem de solicitação de pull, você pode solicitar comentários de pessoas ou equipes específicas, estejam elas no corredor ou a dez fusos horários de distância.

Você pode até abrir pull requests em seu próprio repositório e fazer merge você mesmo. É uma ótima maneira de aprender o fluxo de GitHub Enterprise Cloud antes de trabalhar em projetos maiores.

  1. Clique na guia Solicitações de pull do repositório hello-world.

  2. Selecione Nova solicitação de pull

  3. Na caixa Exemplos de Comparações, selecione o branch que você criou, readme-edits, para compará-lo com main (o original).

  4. Veja as mudanças que você fez na página de Comparação e certifique-se que eles são o que você deseja enviar.

    exemplo de diff

  5. Clique em Criar solicitação de pull.

  6. Dê um título ao seu pull request e escreva uma breve descrição das suas alterações. Você pode incluir emojis e arrastar e soltar imagens e gifs.

  7. Opcionalmente, à direita do título e da descrição, clique no ao lado de Revisores. Destinatários, Rótulos, Projetos ou Marco para adicionar uma dessas opções à solicitação de pull. Você não precisa adicionar nenhum ainda, mas essas opções oferecem diferentes formas de colaborar usando pull requests. Para obter mais informações, confira "Sobre as solicitações de pull".

  8. Clique em Criar solicitação de pull.

Seus colaboradores agora podem revisar suas edições e fazer sugestões.

Mesclando seu pull request

Nesta etapa final, você mesclará o branch readme-edits no branch main. Depois que você mesclar a solicitação de pull, as alterações no branch readme-edits serão incorporadas em main.

Às vezes, uma solicitação de pull pode introduzir alterações no código que entram em conflito com o código existente em main. Se houver algum conflito, o GitHub Enterprise Cloud irá alertar você sobre o código conflitante e impedirá a fusão até que os conflitos sejam resolvidos. Você pode criar um commit que resolve os conflitos ou usar comentários na pull request para discutir os conflitos com os integrantes da equipe.

Nesta apresentação, você não deverá ter conflitos. Portanto, você está pronto para fazer merge do seu branch no branch principal.

  1. Clique em Mesclar solicitação de pull para mesclar as alterações em main. Captura de tela do botão Mesclar.
  2. Clique em Confirmar mesclagem. Você receberá uma mensagem de que a solicitação foi mesclada com sucesso e o pedido foi encerrado.
  3. Clique em Excluir branch. Agora que a sua solicitação de pull foi mesclada e as alterações estão em main, você pode excluir o branch readme-edits com segurança. Se você quiser fazer mais alterações no seu projeto, você pode sempre criar um novo branch e repetir este processo.

Próximas etapas

Ao completar este tutorial, você aprendeu a criar um projeto e criar um pull request em GitHub Enterprise Cloud.

Aqui está o que você realizou neste tutorial:

  • Criou um repositório de código aberto
  • Iniciou e gerenciou um nova branch
  • Alterou um arquivo e fez commit dessas alterações para GitHub Enterprise Cloud
  • Abriu e fez o merge de um pull request

Dê uma olhada no seu perfil de GitHub Enterprise Cloud e você verá o seu trabalho refletido no seu gráfico de contribuição.

Para obter mais informações sobre o poder dos branches e das solicitações de pull, confira "Fluxo do GitHub". Para obter mais informações sobre como começar a usar o GitHub Enterprise Cloud, confira os outros guias no guia de início rápido de introdução.