Skip to main content

O que acontece com as bifurcações quando um repositório é excluído ou muda de visibilidade?

A exclusão do repositório ou a mudança na visibilidade dele afeta as bifurcações desse repositório.

Aviso:

  • Se você remover o acesso de uma pessoa a um repositório privado, todas as suas bifurcações desse repositório privado serão excluídas. Os clones locais do repositório privado são mantidos. Se o acesso de uma equipe em um repositório privado for revogado ou uma equipe com acesso em um repositório privado for excluída e os membros da equipe não tiverem acesso no repositório por meio de outra equipe, os forks privados do repositório serão excluídos.

  • Quando a Sincronização LDAP estiver habilitada, se você remover uma pessoa de um repositório, ela perderá o acesso, mas os forks dela não serão excluídos. Se a pessoa for adicionada a uma equipe com acesso ao repositório original da organização dentro de três meses, seu acesso às bifurcações será automaticamente restaurado na próxima sincronização.

  • Você é responsável por garantir que as pessoas que perderam o acesso a um repositório excluam qualquer informação confidencial ou de propriedade intelectual.

  • As pessoas com permissões de administrador para um repositório privado ou interno podem não permitir a criação de forks desse repositório, e os proprietários da organização podem não permitir a criação de forks de nenhum repositório privado ou interno em uma organização. Para obter mais informações, confira "Como gerenciar a política de criação de forks para sua organização" e "Como gerenciar a política de criação de forks para seu repositório".

Excluir um repositório privado

Quando você exclui um repositório privado, todas as bifurcações privadas dele também são excluídas.

Excluir um repositório público

Quando você exclui um repositório público, uma das bifurcações públicas existentes é escolhida para ser o novo repositório principal. Todos os outros repositórios são bifurcados a partir desse principal e as pull request subsequentes vão para ele também.

Permissões e bifurcações privadas

As bifurcações privadas herdam a estrutura de permissões do repositório ascendente ou principal. Isso ajuda os proprietários de repositórios privados a manter o controle sobre seus códigos. Por exemplo, se o repositório ascendente é privado e fornece acesso de leitura/gravação a uma equipe, essa equipe terá acesso de leitura/gravação para qualquer bifurcação do repositório privado ascendente. Somente as permissões de equipe (não as permissões individuais) são herdadas por forks privados.

Mudar de repositório público para repositório privado

Se um repositório público passa a ser privado, as bifurcações públicas dele são divididas em uma nova rede. Assim como na exclusão de um repositório público, uma das bifurcações públicas existentes é escolhida para ser o novo repositório principal, todos os outros repositórios são bifurcados a partir dele e as pull requests subsequentes vão para esse repositório também.

Ou seja, as bifurcações de um repositório público permanecerão públicas na própria rede de repositório separada, mesmo depois que o repositório principal se tornar privado. Isso permite que os proprietários da bifurcação continuem trabalhando e colaborando sem interrupção. Se os forks públicos não forem movidos para uma rede separada dessa forma, os proprietários desses forks precisarão obter as permissões de acesso apropriadas para efetuar pull das alterações do repositório pai (agora privado) e enviar solicitações de pull para ele, mesmo que eles não precisavam dessas permissões antes.

Se um repositório público tiver acesso de leitura anônimo do Git habilitado e o repositório passar a ser privado, todos os forks do repositório perderão o acesso de leitura anônimo do Git e retornarão à configuração padrão desabilitada. Se um repositório bifurcado passar a ser público, os administradores dele poderão reabilitar o acesso de leitura anônimo do Git. Para obter mais informações, confira "Como habilitar o acesso de leitura anônimo do Git para um repositório".

Excluir o repositório privado

Se um repositório público passa ser privado e depois é excluído, as bifurcações públicas dele continuam existindo em uma rede separada.

Mudar de repositório privado para repositório público

Se um repositório privado passa a ser público, cada uma das bifurcações privadas dele é transformada em um repositório privado autônomo e se torna o principal da própria rede de repositório nova. As bifurcações privadas nunca são transformadas em públicas de forma automática porque podem conter commits confidenciais que não devem ser expostos publicamente.

Excluir o repositório público

Se um repositório privado passa a ser público e depois é excluído, as bifurcações privadas dele continuam existindo como repositórios privados autônomos em redes separadas.

Alterar a visibilidade de um repositório interno

Se a política para a sua empresa permitir a bifurcação, qualquer bifurcação de um repositório interno será privado. Se você alterar a visibilidade de um repositório interno, qualquer bifurcação pertencente a uma conta pessoal ou de organização continuará sendo privada.

Excluir o repositório interno

Se você alterar a visibilidade de um repositório interno e, em seguida, excluir o repositório, as bifurcações continuarão a existir em uma rede separada.

Leitura adicional