Skip to main content

Inicializar o cluster

Um cluster do GitHub Enterprise Server deve ser configurado com uma licença e inicializado usando o shell administrativo (SSH).

Nota: o clustering de GitHub Enterprise Server deve ser configurado com HTTPS.

Instalar o GitHub Enterprise Server

  1. Em cada nó de cluster, provisione e instale o GitHub Enterprise Server. Para obter mais informações, confira "Como configurar uma instância do GitHub Enterprise Server".
  2. Usando o shell administrativo ou o DHCP, configure apenas o endereço IP de cada nó. Não altere nenhuma outra configuração.

Configurar o primeiro nó

  1. Conecte-se ao nó que será designado como o primário do MySQL em cluster.conf. Para obter mais informações, confira "Sobre o arquivo de configuração do cluster".
  2. No navegador da Web, acesse https://<ip address>:8443/setup/.
  3. No prompt, carregue seu arquivo de licença e defina uma senha de gerenciamento do console. Para obter mais informações, confira "Como gerenciar sua licença do GitHub Enterprise". 3. No Console de Gerenciamento, defina e salve as configurações desejadas. 4. A instância será reiniciada automaticamente.

Inicializar o cluster

Para inicializar o cluster, você precisa ter um arquivo de configuração do cluster (cluster.conf). Para obter mais informações, confira "Sobre o arquivo de configuração do cluster".

  1. No primeiro nó que foi configurado, execute ghe-cluster-config-init. Essa ação inicializará o cluster caso haja nós no arquivo de configuração que não estão configurados.
  2. Execute ghe-cluster-config-apply. Isso validará o arquivo cluster.conf, aplicará a configuração a cada arquivo de nó e apresentará os serviços configurados em cada nó.

Para verificar o status de um cluster em execução, use o comando ghe-cluster-status.

Sobre o arquivo de configuração do cluster

O arquivo de configuração do cluster (cluster.conf) define os nós no cluster e os serviços que eles executam. Para obter mais informações, confira "Sobre os nós de cluster".

Este exemplo de cluster.conf define um cluster com 11 nós.

  • Dois nós chamados ghes-front-end-node-\* executam os serviços responsáveis por responder às solicitações do cliente.
  • Três nós chamados ghes-database-node-\* executam serviços responsáveis pelo armazenamento, pela recuperação e pela replicação de dados de banco de dados.
  • Três nós chamados ghes-search-node-\* executam serviços responsáveis pela funcionalidade de pesquisa.
  • Três nós chamados ghes-storage-node-\* executam serviços responsáveis pelo armazenamento, pela recuperação e pela replicação de dados.

Os nomes dos nós podem ser qualquer nome de host válido. Os nomes são definidos como o nome do host de cada nó e serão adicionados a /etc/hosts em cada nó, de modo que os nós possam ser resolvidos localmente entre si.

Especifique o primeiro nó de cluster que você configurou como o primário do MySQL por meio de mysql-server e mysql-master.

[cluster]
  mysql-master = ghes-database-node-1
  redis-master = ghes-database-node-1
  primary-datacenter = primary
[cluster "ghes-front-end-node-1"]
  hostname = ghes-front-end-node-1
  ipv4 = 192.168.0.2
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::2
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  web-server = true
  job-server = true
  memcache-server = true
[cluster "ghes-front-end-node-2"]
  hostname = ghes-front-end-node-2
  ipv4 = 192.168.0.3
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::3
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  web-server = true
  job-server = true
  memcache-server = true
[cluster "ghes-database-node-1"]
  hostname = ghes-database-node-1
  ipv4 = 192.168.0.4
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::4
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  consul-server = true
  mysql-server = true
  redis-server = true
[cluster "ghes-database-node-2"]
  hostname = ghes-database-node-2
  ipv4 = 192.168.0.5
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::5
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  consul-server = true
  mysql-server = true
  redis-server = true
[cluster "ghes-database-node-3"]
  hostname = ghes-database-node-3
  ipv4 = 192.168.0.6
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::6
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  consul-server = true
  mysql-server = true
  redis-server = true
[cluster "ghes-search-node-1"]
  hostname = ghes-search-node-1
  ipv4 = 192.168.0.7
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::7
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  elasticsearch-server = true
[cluster "ghes-search-node-2"]
  hostname = ghes-search-node-2
  ipv4 = 192.168.0.8
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::8
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  elasticsearch-server = true
[cluster "ghes-search-node-3"]
  hostname = ghes-search-node-3
  ipv4 = 192.168.0.9
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::9
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  elasticsearch-server = true
[cluster "ghes-storage-node-1"]
  hostname = ghes-storage-node-1
  ipv4 = 192.168.0.10
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::10
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  git-server = true
  pages-server = true
  storage-server = true
  metrics-server = true
[cluster "ghes-storage-node-2"]
  hostname = ghes-storage-node-2
  ipv4 = 192.168.0.11
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::11
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  git-server = true
  pages-server = true
  storage-server = true
  metrics-server = true
[cluster "ghes-storage-node-3"]
  hostname = ghes-storage-node-3
  ipv4 = 192.168.0.12
  # ipv6 = fd12:3456:789a:1::12
  consul-datacenter = primary
  datacenter = primary
  git-server = true
  pages-server = true
  storage-server = true
  metrics-server = true

Crie o arquivo /data/user/common/cluster.conf no primeiro nó configurado. Por exemplo, usando vim:

ghe-data-node-1:~$ sudo vim /data/user/common/cluster.conf