Publicamos atualizações frequentes em nossa documentação, e a tradução desta página ainda pode estar em andamento. Para obter as informações mais recentes, acesse a documentação em inglês. Se houver problemas com a tradução desta página, entre em contato conosco.

Sincronização manual de ações do GitHub.com

Para usuários que precisam acessar ações a partir de GitHub.com, você pode sincronizar ações específicas para sua instância do GitHub Enterprise Server.

Neste artigo

Observação: O suporte de GitHub Actions em GitHub Enterprise Server 2.22 é beta pública limitada. Para revisar os requisitos de armazenamento externo e solicitar acesso ao beta, consulte "Habilitar GitHub Actions e configurar o armazenamento".

Observação: Executores hospedados em GitHub não são atualmente compatíveis com GitHub Enterprise Server. Você pode ver mais informações sobre suporte futuro planejado no Itinerário público do GitHub.

O GitHub Actions em GitHub Enterprise Server é projetado para funcionar em ambientes sem acesso à Internet. Por padrão, os fluxos de trabalho não podem usar ações de GitHub.com e GitHub Marketplace.

Para tornar as ações específicas de GitHub.com disponíveis para uso em fluxos de trabalho, você pode usar a ferramenta de código aberto actions-sync do GitHub para sincronizar repositórios de ações de GitHub.com para a instância corporativa. Para outras formas de acessar as ações de GitHub.com, consulte "Sobre o uso de ações de GitHub.com no GitHub Enterprise Server".

Sobre a ferramenta actions-sync

A ferramenta actions-sync deve ser executada em uma máquina que pode acessar a API de GitHub.com e sua API da instância do GitHub Enterprise Server. A máquina não precisa estar conectada a ambos ao mesmo tempo.

Se sua máquina tiver acesso aos dois sistemas ao mesmo tempo, você poderá fazer a sincronização com um único comando de actions-sync. Se você só puder acessar um sistema de cada vez, pode usar os comandos actions-sync pull e push.

A ferramenta actions-sync só pode fazer download de ações de GitHub.com armazenadas em repositórios públicos.

Pré-requisitos

  • Antes de usar a ferramenta actions-sync, você deve garantir que todas as organizações de destino existam na instância corporativa. O exemplo a seguir demonstra como sincronizar ações com uma organização denominada synced-actions em uma instância corporativa. Para obter mais informações, consulte "Criar uma nova organização do zero".
  • Você deve criar um token de acesso pessoal (PAT) na instância corporativa que pode criar e gravar em repositórios nas organizações de destino. Para mais informação, consulte "Criando um token de acesso pessoal."

Exemplo: Usando a ferramenta de actions-sync

Este exemplo demonstra o uso da ferramenta de actions-sync para sincronizar uma ação individual do GitHub.com com uma instância corporativa.

Observação: Este exemplo usa o comando actions-sync, que exige acesso simultâneo à API do GitHub.com e à API da instância do GitHub Enterprise Server a partir da sua máquina. Se você só puder acessar um sistema de cada vez, pode usar os comandos actions-sync pull e push. Para obter mais informações, consulte o LEIAME de actions-sync.

  1. Faça o download e extraia as últimas versões actions-sync para o sistema operacional da sua máquina.

  2. Crie um diretório para armazenar arquivos de cache para a ferramenta.

  3. Execute o comando actions-sync sync:

    ./actions-sync sync \
      --cache-dir "cache" \
      --destination-token "aabbccddeeffgg" \
      --destination-url "https://my-ghes-instance" \
      --repo-name "docker/build-push-action:synced-actions/docker-build-push-action"

    O comando acima usa os seguintes argumentos:

    • --cache-dir: O diretório de cache na máquina que está executando o comando.

    • --destination-token: Um token de acesso pessoal para a instância empresarial de destino.

    • --destination-url: A URL da instância empresarial de destino.

    • --repo-name: O repositório da ação a ser sincronizado. Ele aceita o formato de owner/repository:destination_owner/destination_repository.

      • O exemplo acima sincroniza o repositório docker/build-push-action com o repositório synced-actions/docker-build-push-action na instância de destino de GitHub Enterprise Server. Você deve criar a organização denominada synced-actions na instância da empresa antes de executar o comando acima.
      • Se você omitir :destination_owner/destination_repository, a ferramenta usará o proprietário original e o nome do repositório para a instância corporativa. Antes de executar o comando, você deve criar uma nova organização na sua instância que corresponde ao nome do proprietário da ação. Considere usar uma organização central para armazenar as ações sincronizadas na sua instância, já que isso significa que você não precisará criar várias novas organizações se sincronizar ações de diferentes proprietários.
      • Você pode sincronizar várias ações substituindo o parâmetro --repo-name por --repo-name-list ou --repo-name-list-file. Para obter mais informações, consulte o LEIAME de actions-sync.
  4. Depois que o repositório de ação é criada na instância corporativa, as pessoas da sua empresa podem usar o repositório de destino para fazer referência à ação nos fluxos de trabalho. Para o exemplo da ação mostrado acima:

    uses: synced-actions/docker-build-push-action@v1
    

    Para obter mais informações, consulte "Sintaxe do fluxo de trabalho para o GitHub Actions".

Esse documento ajudou você?

Privacy policy

Ajude-nos a tornar esses documentos ótimos!

Todos os documentos do GitHub são de código aberto. Você percebeu que algo que está errado ou não está claro? Envie um pull request.

Faça uma contribuição

Ou, aprenda como contribuir.