Skip to main content
Publicamos atualizações frequentes em nossa documentação, e a tradução desta página ainda pode estar em andamento. Para obter as informações mais recentes, acesse a documentação em inglês. Se houver problemas com a tradução desta página, entre em contato conosco.
O GitHub AE está atualmente sob versão limitada. Entre em contato com nossa Equipe de Vendas para saber mais.

Escolhendo o executor para um trabalho

Defina o tipo de máquina que processará um trabalho no seu fluxo de trabalho.

Visão Geral

Use jobs.<job_id>.runs-on para definir o tipo de máquina para executar o trabalho. Você pode fornecer runs-on como uma única string ou como uma matriz de strings. Se você especificar uma matriz de strings, o seu fluxo de trabalho será executado em um executor auto-hospedado cujas etiquetas correspondam a todos os valores de runs-on, se disponível. Se você quiser executar seu fluxo de trabalho em várias máquinas, use jobs.<job_id>.strategy.

Para especificar um executor auto-hospedado para o seu trabalho, configure runs-on no seu arquivo de fluxo de trabalho com etiquetas de executores auto-hospedados.

All self-hosted runners have the self-hosted label. Using only this label will select any self-hosted runner. To select runners that meet certain criteria, such as operating system or architecture, we recommend providing an array of labels that begins with self-hosted (this must be listed first) and then includes additional labels as needed. When you specify an array of labels, jobs will be queued on runners that have all the labels that you specify.

Although the self-hosted label is not required, we strongly recommend specifying it when using self-hosted runners to ensure that your job does not unintentionally specify any current or future GitHub-hosted runners.

Exemplo: Usando etiquetas para seleção do executor

runs-on: [self-hosted, linux]

Para obter mais informações, consulte "Sobre executores auto-hospedados" e "Usar executores auto-hospedados em um fluxo de trabalho."