Publicamos atualizações frequentes em nossa documentação, e a tradução desta página ainda pode estar em andamento. Para obter as informações mais recentes, acesse a documentação em inglês. Se houver problemas com a tradução desta página, entre em contato conosco.

Início rápido para GitHub Actions

Adicione um fluxo de trabalho do GitHub Actions a um repositório existente em até 5 minutos ou menos.

Neste artigo

Esse documento ajudou você?

Ajude-nos a tornar esses documentos ótimos!

Todos os documentos do GitHub são de código aberto. Você percebeu que algo que está errado ou não está claro? Envie um pull request.

Faça uma contribuição

Ou, aprenda como contribuir.

Introdução

Você só precisa de um repositório de GitHub existente para criar e executar um fluxo de trabalho de GitHub Actions. Neste guia, você adicionará um fluxo de trabalho que cria várias linguagens de codificação usando a Ação de Super-Linter de GitHub. O fluxo de trabalho usa o Super-Linter para validar o seu código-fonte toda vez que um novo commit é subido para o seu repositório.

Criar o seu primeiro fluxo de trabalho

  1. Do seu repositório no GitHub, crie um novo arquivo no diretório .github/workflows denominado superlinter.yml. Para obter mais informações, consulte "Criar arquivos".

  2. Copie o conteúdo de YAML a seguir para o arquivo superlinter.yml. Observação: Se seu branch-padrão não for principal, atualize o valor de DEFAULT_BRANCH para corresponder ao nome do branch-padrão do seu repositório.

    YAML
    name: Super-Linter
    
    # Run this workflow every time a new commit pushed to your repository
    on: push
    
    jobs:
      # Set the job key. The key is displayed as the job name
      # when a job name is not provided
      super-lint:
        # Name the Job
        name: Lint code base
        # Set the type of machine to run on
        runs-on: ubuntu-latest
    
        steps:
          # Checks out a copy of your repository on the ubuntu-latest machine
          - name: Checkout code
            uses: actions/checkout@v2
    
          # Runs the Super-Linter action
          - name: Run Super-Linter
            uses: github/super-linter@v3
            env:
              DEFAULT_BRANCH: main
              GITHUB_TOKEN: ${{ secrets.GITHUB_TOKEN }}
  3. Para executar seu fluxo de trabalho, desça a barra de rolagem da página e selecione Criar um novo branch para este commit e iniciar um pull request. Em seguida, para criar um pull request, clique em Propor novo arquivo.

    Arquivo do fluxo de trabalho do commit

Fazer commit do arquivo de fluxo de trabalho no repositório aciona o evento push e executa seu fluxo de trabalho.

Visualizar seus resultados do fluxo de trabalho

  1. No GitHub, navegue até a página principal do repositório.

  2. No nome do seu repositório, clique em Ações.

    Aba Ações na navegação principal do repositório

  3. Na barra lateral esquerda, clique no fluxo de trabalho que deseja ver.

    Lista de fluxo de trabalho na barra lateral esquerda

  4. Na lista de execuções do fluxo de trabalho, clique no nome da execução que você deseja visualizar.

    Nome da execução do fluxo de trabalho

  5. Na barra lateral esquerda, clique no trabalho Lint de código-bsee.

    Lint do trabalho do código-base

  6. Any failed steps are automatically expanded to display the results.

    Resultados do fluxo de trabalho do Super linter

Mais fluxos de trabalho iniciais

O GitHub fornece modelos de fluxo de trabalho pré-configurados com os quais você pode começar para automatizar ou criar fluxos de trabalho de integração contínua. Você pode pesquisar a lista completa de modelos de fluxo de trabalho no repositório de actions/starter-workflows repository.

Próximas etapas

O fluxo de trabalho do super-linter que você acabou de adicionar é executado sempre que o código é enviado para o seu repositório para ajudá-lo a detectar erros e inconsistências no seu código. Mas este é apenas o início do que você pode fazer com GitHub Actions. O seu repositório pode conter vários fluxos de trabalho que ativam diferentes tarefas com base em diferentes eventos. O GitHub Actions pode ajudá-lo a automatizar quase todos os aspectos dos processos de desenvolvimento do seu aplicativo. Pronto para começar? Aqui estão alguns recursos úteis para dar seus próximos passos com GitHub Actions:

Esse documento ajudou você?

Ajude-nos a tornar esses documentos ótimos!

Todos os documentos do GitHub são de código aberto. Você percebeu que algo que está errado ou não está claro? Envie um pull request.

Faça uma contribuição

Ou, aprenda como contribuir.