Publicamos atualizações frequentes em nossa documentação, e a tradução desta página ainda pode estar em andamento. Para obter as informações mais recentes, acesse a documentação em inglês. Se houver problemas com a tradução desta página, entre em contato conosco.

Sobre assinatura de commit obrigatória

A assinatura de commit obrigatória garante que colaboradores possam fazer push apenas de commits assinados e verificados em um branch protegido.

Branches protegidos estão disponíveis em repositórios públicos com GitHub Free e GitHub Free para organizações e em repositórios públicos e privados com GitHub Pro, GitHub Team, GitHub Enterprise Cloud e GitHub Enterprise Server. Para obter mais informações, consulte "produtos de GitHub

Esse documento ajudou você?

Ajude-nos a tornar esses documentos ótimos!

Todos os documentos do GitHub são de código aberto. Você percebeu que algo que está errado ou não está claro? Envie um pull request.

Faça uma contribuição

Ou, aprenda como contribuir.

Se você aplicou proteções de branch no repositório, será possível configurar a assinatura de commit obrigatória. Para obter mais informações, consulte "Configurar branches protegidos".

Ao habilitar a assinatura de commit obrigatória em um branch, os contribuidores e bots só podem fazer push de commits que foram assinados e verificados no branch. Para obter mais informações, consulte "Sobre verificação de assinatura commit".

Você sempre pode fazer push de commits locais para o branch se os commits forem assinados e verificados. Você também pode fazer merge de commits assinados e verificados no branch usando um pull request em GitHub. No entanto, você não pode realizar a combinação por squash e fazer o merge de um pull request no branch em GitHub a menos que você seja o autor do pull request. Você pode fazer combinação por squash e fazer merge de pull requests localmente. Para obter mais informações, consulte "Verificar de pull requests localmente. Para obter mais informações sobre métodos de merge, consulte "Sobre métodos de merge em GitHub.

Observação: habilitar a assinatura de commit obrigatória em um branch tornará a contribuição mais difícil. Se um colaborador fizer push de um commit não assinado em um branch que tenha a assinatura de commit obrigatória habilitada, ele precisará fazer rebase do respectivo commit para incluir uma assinatura verificada e forçar o push do commit regravado para o branch.

Os administradores de um repositório podem fazer push de commits locais que não tenham sido assinados e verificados. No entanto, você pode exigir que os administradores estejam sujeitos à assinatura de commit obrigatória. Para obter mais informações, consulte "Habilitar a assinatura de commit obrigatória".

Leia mais

Esse documento ajudou você?

Ajude-nos a tornar esses documentos ótimos!

Todos os documentos do GitHub são de código aberto. Você percebeu que algo que está errado ou não está claro? Envie um pull request.

Faça uma contribuição

Ou, aprenda como contribuir.