Skip to main content
Publicamos atualizações frequentes em nossa documentação, e a tradução desta página ainda pode estar em andamento. Para obter as informações mais recentes, acesse a documentação em inglês. Se houver problemas com a tradução desta página, entre em contato conosco.

Primeiros passos com o GitHub Packages para a sua empresa

Você pode começar a usar GitHub Package Registry em your GitHub Enterprise Server instance habilitando o recurso, configurando armazenamento de terceiros, configurando os ecossistemas que você deseja que sejam compatíveis e atualizando seu certificado TLS.

Observação: GitHub Package Registry em GitHub Enterprise Server não é compatível com clustering atualmente.

Passo 1: Verifique se GitHub Package Registry está disponível para a sua empresa

GitHub Package Registry está disponível em GitHub Enterprise Server 3.0 ou superior. Se você estiver usando uma versão anterior do GitHub Enterprise Server, você deverá fazer a atualização para usar GitHub Package Registry. Para obter mais informações sobre a atualização da instância de GitHub Enterprise Server, consulte "Sobre as atualizações para novas versões de."

Etapa 2: Habilite GitHub Package Registry e configure o armazenamento externo

GitHub Package Registry em GitHub Enterprise Server usa armazenamento externo de blob para armazenar seus pacotes.

Depois de habilitar GitHub Package Registry para your GitHub Enterprise Server instance, você deverá preparar seu bucket de armazenamento de terceiros. A quantidade de armazenamento necessária depende do seu uso de GitHub Package Registry, e as diretrizes de configuração podem variar de acordo com o provedor de armazenamento.

Provedores de armazenamento externos compatíveis

  • Amazon Web Services (AWS) S3
  • Azure Blob Storage
  • MinIO

Para habilitar GitHub Package Registry e configurar o armazenamento de terceiros, consulte:

Etapa 3: Especifique os ecossistemas de pacote que serão compatíveis com a sua instância

Escolha quais ecossistemas de pacote você gostaria de habilitar, desabilitar ou definir como somente leitura no seu your GitHub Enterprise Server instance. As opções disponíveis são Docker, RubyGems, npm, Apache Maven, Gradle ou NuGet. Para obter mais informações, consulte "Configurar a compatibilidade com o ecossistema de pacote para a sua empresa".

Etapa 4: Certifique-se de ter um certificado TLS para a URL do seu pacote de hospedagem, se necessário

Se o isolamento de subdomínio estiver habilitado para your GitHub Enterprise Server instance, você deverá criar e fazer o upload de um certificado TLS que permite o URL de host do pacote para cada ecossistema que você deseja usar, como `. Certifique-se de que o host de cada pacote contém https://`.

Você pode criar o certificado manualmente ou pode usar Let's Encrypt. Se você já usa Let's Encrypt, você deverá solicitar um novo certificado TLS depois de habilitar GitHub Package Registry. Para obter mais informações sobre as URLs de host do pacote, consulte "Habilitar o isolamento de subdomínio". Para obter mais informações sobre o upload de certificados TLS para GitHub Enterprise Server, consulte "Configurar TLS".

Etapa5: Verifique e renomeie nomes reservados

Se você quiser usar o ecossistema Docker com o isolamento de subdomínio desabilitado, você deve primeiro renomear qualquer usuário ou organização denominada v2 em your GitHub Enterprise Server instance, antes de habilitar o suporte ao ecossistema Docker no Console de gerenciamento. O Docker usa um nome de conta v2 para gerenciar conflitos de caminho com a API do Docker, e assim que o suporte ao registro Docker estiver habilitado, você não poderá mais usar esse nome.

Você pode visualizar uma lista completa de logins reservados para uso interno, acessando a página "Logins reservados" no painel de administração do site. Para obter mais informações, consulte "logins reservados. "