Publicamos atualizações frequentes em nossa documentação, e a tradução desta página ainda pode estar em andamento. Para obter as informações mais recentes, acesse a documentação em inglês. Se houver problemas com a tradução desta página, entre em contato conosco.

Sobre repositórios remotos

A abordagem colaborativa do GitHub para desenvolvimento depende da publicação de commits do seu repositório local para que outras pessoas exibam, façam fetch e atualizem.

Esse documento ajudou você?

Ajude-nos a tornar esses documentos ótimos!

Todos os documentos do GitHub são de código aberto. Você percebeu que algo que está errado ou não está claro? Envie um pull request.

Faça uma contribuição

Ou, aprenda como contribuir.

Uma URL remota é outra forma de o Git dizer "o lugar onde seu código é armazenado". A URL poderia ser seu repositório no GitHub, ou a bifurcação de outro usuário, ou até mesmo em um servidor totalmente diferente.

Você pode fazer push apenas de dois tipos de endereço URL:

  • Uma URL HTTPS como https://[hostname]/user/repo.git
  • Uma URL SSH, como git@[hostname]:user/repo.git

O Git associa uma URL remota a um nome, e seu remote padrão geralmente é chamado de origin.

Para obter informações sobre diferenças entre essas URLs, consulte "Qual URL remota devo usar?"

Criar remotes

Você pode usar o comando git remote add para corresponder uma URL remota a um nome. Por exemplo, você digitaria o seguinte na linha de comando:

git remote add origin  <URL_REMOTO> 

Isso associa o nome origin ao URL_REMOTO.

É possível usar o comando git remote set-url para alterar uma URL de remote.

Esse documento ajudou você?

Ajude-nos a tornar esses documentos ótimos!

Todos os documentos do GitHub são de código aberto. Você percebeu que algo que está errado ou não está claro? Envie um pull request.

Faça uma contribuição

Ou, aprenda como contribuir.